Voltar para Parábolas

70×7 – estudo bíblico sobre o perdão

Todos querem ser perdoados mas quantos querem perdoar? Esse é o grande desafio que Jesus nos lançou: aprender a perdoar. Vezes sem conta.

Então Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: 'Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?' Jesus respondeu: 'Eu digo a você: Não até sete, mas até setenta vezes sete.' Mateus 18:21-22

70 vezes 7 é 490! Você já imaginou tentar guardar conta de todas as vezes que você perdoou uma pessoa? Você provavelmente iria perder conta antes de chegar a 30 vezes (quanto mais 490…). Jesus disse isso para nos mostrar que devemos perdoar sempre.

O perdão de Deus – a base de nosso perdão

Mas perdoar é difícil. Como podemos superar a mágoa e oferecer perdão, mesmo quando a outra pessoa não merece? Jesus também nos dá a resposta.

Depois de dizer que devemos perdoar 70×7 vezes, Jesus contou uma parábola sobre um homem que devia muito dinheiro ao seu patrão. Ele devia tanto que nunca poderia pagar, nem se tivesse várias vidas! O homem implorou por misericórdia e seu patrão perdoou a dívida.

Mais tarde, o servo perdoado encontrou outro homem que lhe devia um pouco de dinheiro. Ele exigiu o dinheiro e não teve dó quando o outro homem lhe implorou por misericórdia, lançando-o na prisão até pagar a dívida. O patrão ouviu o que ele tinha feito e ficou muito zangado, porque seu servo não tinha aprendido nada ao ser perdoado. Por isso ele entregou o servo para ser torturado até pagar sua dívida.

“Assim também fará meu Pai celestial a vocês se cada um de vocês não perdoar de coração a seu irmão.” Mateus 18:35

Leia aqui a parábola do servo cruel completa.

Sempre que cometemos um pecado, pecamos contra Deus. Somos como o servo que tinha uma dívida impossível de pagar. Mas, quando recebemos Jesus como nosso salvador, Deus perdoa todos os nossos pecados! Ele nos perdoa porque nos ama. Basta crer.

Se os nossos pecados foram todos perdoados, como podemos recusar perdoar quem peca contra nós? Se não perdoamos, mostramos que não entendemos ainda o perdão de Deus. Será que podemos mesmo nos chamar de cristãos se nos recusamos a perdoar?

Perdoar não é fácil. Mágoa e outros sentimentos ruins nem sempre desaparecem de uma hora para outra. Precisamos da ajuda de Jesus. Tudo começa quando estamos dispostos a perdoar. E o perdão de Deus é nossa grande motivação para perdoar.

O primeiro passo para perdoar é lembrar quanto Deus nos perdoou.

Atenção: perdoar não significa continuar em uma situação abusiva ou perigosa. Significa largar o ressentimento e a vontade de retribuição. Você tem todo direito de se proteger e evitar situações ruins. Em caso de crime, você também tem todo direito de procurar o apoio da polícia e da justiça.

 

Voltar para Lista de sermões

 


22688478_187033188538687_90

Semeando a Palavra que transforma vidas.