Há coisas que têm que morrer, para que deem lugar à vida

Digo-lhes verdadeiramente que, se o grão de trigo não cair na terra e não morrer, continuará ele só. Mas se morrer, dará muito fruto. João 12:24

Isso acontece constantemente em nossos relacionamentos. Se o orgulho não morrer, não nasce o perdão. Se a inveja não morrer, não nasce cooperação. Se o ódio não morrer, não cresce o amor.

Vale a pena fazer um balanço do que deve morrer e do que deve viver em nossos relacionamentos. Vale a pena deixar morrer as sementes às quais nos agarramos e que, por isso, nada produzem.

A semente é usada para explicar muitas verdades na Bíblia. A semente é uma coisa pequena mas quando cai em solo fértil se transforma numa planta grande e viçosa. Da mesma forma, a palavra de Deus cresce dentro de nós, aumentando nossa fé.

A semente também é um símbolo da morte e ressurreição de Jesus. Assim como a semente tem de morrer para trazer mais vida, Jesus morreu e foi sepultado mas ressuscitou no terceiro dia. Sua ressurreição trouxe muitos frutos, salvando muitas vidas.

Ele respondeu: “Porque a fé que vocês têm é pequena. Eu asseguro que, se vocês tiverem fé do tamanho de um grão de mostarda, poderão dizer a este monte: ‘Vá daqui para lá’, e ele irá. Nada será impossível para vocês.
Mateus 17:20

Oração:

Deus pai todo poderoso, eu rejeito todo orgulho e toda falta de perdão, assim como a cobiça, o cimues, ira e a inveja. Ajuda-me a plantar as sementes certas, em terra fértil, para que eu possa dar bons frutos. Eu oro em nome de Jesus. Amém.